Sobre dizer eu te amo

d3

Lembro que nunca gostei muito daquela banda que você adora e mesmo assim passei noites seguidas ouvindo as músicas, analisando cada letra e batida, porque queria sempre ter o que conversar. Nunca fui muito fã de comida japonesa. Porém, cada vez que você me convidava eu ia sem reclamar e ainda tentava comer com palitinhos para te impressionar.

Sempre odiei falar ao telefone e mesmo assim, em todo momento que meu celular tocava eu atendia correndo e passava horas, trocando o aparelho de mão para não cansar. Durante toda a minha vida eu tive costume de dormir cedo. Contudo, durante meses vi o dia amanhecendo com você do outro lado da tela do computador.

Eu deixei de lado minhas preferências e me concentrei apenas no que eu sabia que ia te interessar. Soltei meu rotineiro rabo de cavalo e deixei que meu cabelo caísse sobre os meus ombros, bem do jeito que você achava bom. Frequentei bares, mesmo não gostando do ambiente. Viajei para praia, ainda que eu preferisse o campo. Assisti incontáveis filmes, embora eu gostasse muito mais de acompanhar séries.

Larguei o livro de romance que estava lendo e comecei aquele de suspense que você tanto queria conversar sobre. Eu saí do meu casulo. Eu abri espaço para você entrar. Contei sobre mim, mesmo odiando ser o foco do assunto. Acordei de madrugada para contar de um pesadelo e ouvi, calmamente, todos os seus. Te abracei. Te olhei dormir. Te esperei acordar.

E ainda, mesmo depois de tudo isso, você ainda tem a coragem de falar que eu nunca soube dizer eu te amo.

Anúncios

11 thoughts on “Sobre dizer eu te amo

  1. rodrigonitzke

    Parabéns pelo texto 😉 Já fiz essas coisas também, mas percebi que seguir o outro, viver em função do gosto do outro anula o outro lado da equação que sou eu. Por algum tempo valeu a pena, mas chegou um momento que estava com saudades de viver a vida como eu gostaria. Foi um resgate da minha essência. E em relação a fazer algo que não gosto quando alguém me convida? Eu vou, porque é a 1ª vez com aquela pessoa tão querida que eu estou indo, então na verdade a experiência totalmente diferente, e se eu não estiver gostando, digo que isso e vou embora ;). Dou um singelo beijo na pessoa se ela quiser ficar, se quiser vir comigo será bem-vinda também 😉

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s